COROA DA MISERICÓRDIA

Postado dia 18/03/2016

Foi mais ou menos na mesma época (1868-1870) que as Superioras do Mosteiro da Visitação, para corresponder aos desejos de Nosso Senhor, estabeleceram a recitação quotidiana da  COROA DA MISERICÓRDIA.

Eis como costumam recitar este Rosário:

 

Como introdução, antes das dezenas, a bela oração inspirada a um sacerdote de Roma:

– «Ô Jesus, divino Redentor, sede misericordioso para conosco e para com o mundo inteiro.

R.: Amem.

– Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.

R.: Amem.

– Graça e misericórdia, meu Jesus, durante os perigos presentes. Cobri-nos com o Vosso Sangue Precioso.

R.: Amem.

– Pai Eterno, misericórdia, pelo Sangue de Jesus Cristo, Vosso Único Filho: Tende misericórdia de nós, nós Vo-lo suplicamos.

R.: Amem.

Nas contas pequenas:

– «MEU JESUS, PERDÃO E MISERICÓRDIA.

R: PELOS MÉRITOS DAS VOSSAS SANTAS CHAGAS».

 

Nas contas grandes:

– «PAI ETERNO, EU VOS OFEREÇO AS CHAGAS DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.

R.: PARA CURAR AS CHAGAS DAS NOSSAS ALMAS

Nosso Senhor Jesus Cristo foi quem pediu ardentemente o culto e a contemplação de suas Santas Chagas à Irmã Maria Marta Chambon:

«A devoção às minhas Chagas é o remédio para este tempo de iniqüidade», assegurava o Salvador. «Sou Eu que o quero: Deveis fazer as vossas invocações com grande fervor».

«Minha filha, Eu vejo tudo, eu conto tudo. Diz à tua Madre que Eu estou atento a cada invocação que ela faz. Ela deve fazer tudo o que puder para manter a COROA DA MISERICÓRDIA.

Estou contente por vos ver honrar as minhas Santas Chagas; posso agora fazer transbordar mais abundantemente os frutos da minha Redenção.

É preciso que vós, que conheceis as minhas vontades, sejais duplamente fervorosas… Se vos relaxais na devoção às minhas Chagas, perdereis muito.

Tal como há um exército organizado pelo Mal, também há um exército organizado por Mim. Com esta oração sois mais poderosas que um exército, para travar os meus inimigos.

Vós sois muito felizes, vós a quem Eu ensinei a oração que Me desarma: Meu Jesus, perdão e misericórdia, pelos méritos das vossas Santas Chagas. As graças que recebeis são graças de fogo… Elas vêm do Céu, e para o Céu devem voltar…

Diz à tua Superiora que ela será sempre atendida, seja qual for a necessidade, quando Me invocar pelas minhas Santas Chagas, mandando rezar a COROA DA MISERICÓRDIA.

Os vossos Mosteiros atraem as graças de Deus sobre as Dioceses onde se encontram; quando ofereceis ao meu Pai as minhas Santas Chagas, vejo-vos como de mãos estendidas para o Céu, para receber graças!… Na verdade, esta oração não é da terra, mas do Céu!… Ela pode obter tudo!